Minas online

 

Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais

Emergência ligue: 193

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Pagina inicial

Uma história que nos enche de orgulho

Reviver o passado e ativar lembranças de tempos que marcaram a história, despertando um sentimento de saudosismo e orgulho é uma habilidade natural para poucos, como é o caso do Coronel do Quadro de Oficiais da Reserva (QOR), Celso Sérgio Ferreira.

Paraninfo da turma do Curso de Habilitação de Oficiais, formada no dia 30 de novembro de 2017, Coronel Celso discursou por alguns instantes da cerimônia, apresentando ao público uma explanação de fases da Corporação que arregimentaram suas raízes.

Com uma boa dose de nostalgia, formandos e convidados foram submetidos a lembranças de tempos em que o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais ─ ainda em fase de mudanças e desenvolvimento ─ já despertava sentimentos de glória pelas destemidas ações de bravura ao desempenhar suas atribuições.

Para ilustrar um pouco da riqueza do discurso, destacamos algumas falas que desconcertaram o público pela retomada das memórias da corporação.

Em tempos remotos em que as tecnologias eram limitadas não faltava empenho:

“Lembro-me do início da década de 1950, com apenas 3 viaturas: Um Auto Bomba; um Auto Tanque e um Auto Material. Certo dia, todos enguiçados. E para atender às emergências, lançaríamos mãos dos baldes de lona que estavam no fundo da garagem. A falta de material e recursos era suplantada pela dedicação, bravura e o heroísmo. Hoje, a moderna tecnologia veio se somar àquelas virtudes. O CBM continua escrevendo páginas de profissionalismo, muitas vezes, anônimas. Porém, cada vez mais imprescindíveis.”

Ele também não mede palavras de incentivo aos formandos:

“Vocês, queridos afilhados Sapadores, fazem parte dessa era dourada. A corporação não erra quando usa a prata da casa. Depois de um ensino superior, vocês estão habilitados a serem a viga mestra do oficialato.”

“A atividade bem executada, traz-nos a alegria do dever cumprido. Preparem-se, porque cada vez mais, vocês serão exigidos. Não se esqueçam do condicionamento físico. Ele é fundamental no desempenho de nossas missões. A força e a coragem são base para os verdadeiros Sapadores. A sabedoria é a virtude suprema. Posso ter me arrependido de aplicar a justiça, mas em nenhum momento me arrependi de ter sido tolerante e atento com as circunstâncias que envolviam cada liderado.”

Por último, ele estimula os formandos a refletirem sobre a missão que os aguarda:

“Lembrem-se de que o mais eficiente processo de liderança é a atitude, o exemplo. O oficial é o espelho da tropa. Seguem-no envolvidos pelo entusiasmo. As palavras convencem, os exemplos arrastam.”

 
Comando-Geral: Rodovia Papa João Paulo II, 4143 - 5º andar - Prédio Minas, Bairro: Serra Verde - Belo Horizonte- MG - CEP: 31630-900